quinta-feira, 11 de setembro de 2008

tô ficando velha...

Gente parece que o tempo nao passa, ou que pelo menos demora a passar.
Me lembro quando eu tinha 8 anos e minha mãe morava na Florida e meu sonho era ter 12 anos, e poder ser mais independente, e poder pegar ônibus sozinha...
Acreditem ou não, muito tempo passou pra ser mais exata 14 anos depois de eu fazer meus tão sonhados 12 anos, só mudaram as coisas, eu continuo a mesma -nada independente.
Tô com 26 anos e não tenho nem um periquito pra dar alpiste -ainda bem, por que se o tivesse ele ja teria morrido de fome-
Essa coisa de projetar a mente e imaginar o futuro é muito louco, quando eu tinha 13 queria fazer 15, por que é uma idade maneira, e então eu poderia namorar sem minha mãe me encher o saco, e poderia sair com meus amigos, ir a praia, seria praticamente adulta -mera ilusão.

Quando eu fiz 15 queria fazer 18 pois então já seria adulta, teria um emprego "fodástico" estaria na faculdade, estaria noiva - algumas coisas foram quase assim mesmo, aos 18 eu tinha um emprego maneiro, trabalhava numa empresa bacana,e ganhava vários salários, o suficiente pra sustentar uma familia de 6 pessoas, Tinha um namorado, que eu gostava mas que não gostava de mim, e estava longe de namorar serio ou quem sabe casar, a faculdade ainda era um sonho, e na verdade eu nem sabia oque eu queria fazer.

Hoje tô com 26, como ja disse antes, tenho um namorado bem legal, que eu gosto muito, mas que nao representa nada muito sério, ou seja, nao pensamos em casamento, acabei a faculdade, e não arrumei emprego ainda, não tenho filhos, nem uma bicicleta, nem plantei uma árvore.
Oque será que aconteceu?
E os planos que eu fiz pra minha vida?
Preciso arrumar um emprego, casar e ter filhos -sair da casa da mamãe. Mãe essa aliás que todo dia não me deixa esquecer, que eu ja tô velhinha, que quando ela tinha a minha idade, já estava casada e com uma filha de 2 anos (eu).

Aliás ela fala que era totalmente diferente de mim - e eu não sei se isso é bom ou ruim (na verdade eu acho muito bom)- Não quero ser uma cópia nem muito menos um rascunho de minha mãe. Ela fala que tinha um monte de gente que queria casar com ela, que ela nunca saía de casa sozinha (como eu saio) sempre tinha alguém pra buscá-la, que ela nao corria atras de ninguém e sempre tinha alguém afim dela.
Eu só não entendo uma coisa: Porque ela casou com meu pai, já que ela insistem em falar, que ele era bem vagabundo, e que ela ganhava 10x mais que ele, que nunca o amou...
Não quero ser igual a minha mãe mas de uma coisa eu sei, ela é igual a minha avó, me trata como minha avó a tratava, e eu tô a ponte de me tronar uma cópia de minha mãe e "meter o pé de casa"...
Já não aguento mais, quero ter minha casa, andar pelada, deixar entrar e expulsar quem eu quero. Ter meu periquito pra dar alpiste, minha ávore pra regar!
O tempo está passando, e eu tô ficando pra trás, preciso correr!!!! Se não, vou ser engulida pelo tempo, logo eu que vivia pensando no futuro, estou pensando no passado, e isso vai ter que parar de acontecer!!!!
Desse ano não pode passar, MINHA VIDA VAI MUDAR!!!!!!!!!!!!!!

5 comentários:

Giane disse...

A Vida sempre muda Ana Paula, mas nos momentos certos.
Tenha paciência que se for como eu, com o passar dos anos a relação mãe e filha há de melhorar muito.
Quando tinha sua idade, meu relacionamento com a minha mãe também era um tanto "irritante"...
Hoje somos as melhores Amigas uma da outra.

Beijos mil e cuide-se!!!

Mário disse...

Vim pela blogagem da Flávia, mas aproceito para te dar parabéns ainda que bem atrasado.

Dora Mimos Ponto Cruz disse...

olá!
eu jamais iria fazer aos meus filhos os comentários que a sua mãe faz... e além disso não estás velha, isso é disparate, disparates que a tua mãe alimenta, o que faz dela uma mãe meio estranha...
jokinhas!

isabela disse...

aaa pdc sua mae e igual minha avo..q conscidencia..a minha mae tb é igual a sua..q é igual a minha avo..aff essas irmas..ninguem merece hein..mas td tem sua hora..e antes so q mal acompanhada..melhor com a mae do q passando fome..=/ ai ai

bjus primaaa

viviana disse...

Me encantó encontrarte en mi blog.......espero me visites siempre.
Mil besos desde Àrequipa-Perú
Viviana